Barra Cofina

Correio da Manhã

Opinião
6
10 de Setembro de 2004 às 00:00
SIM
Não pode existir “discriminação positiva” no que concerne a este tipo de auto-estradas. Por mais que o Governo tente justificar a iminente aplicação de mais um imposto, com razões de custo e insuficiência do “erário público”, a verdade é que (em última instância) é o mesmo erário público que permite a sua construção e manutenção. Logo, de uma forma ou de outra, todos pagamos. Porquê pagar de novo então?
Luís F. Silva - Subeditor de Cultura/Espectáculos
NÃO
Em Portugal vive-se uma situação insólita: uns pagam portagem, outros não, sendo que os que pagam são sempre os mesmos: quem mora na Margem Sul, os que utilizam a CREL, quem viaja pela A1 ou A2. Na A8 paga-se aos bocadinhos e na A23 ou na Via do Infante já não se paga. Ora, é altura de acabar com este ‘paga-aqui-não-paga-ali”. Ou pagam todos ou não paga ninguém.
Paulo João Santos - Editor de Portugal
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)