Barra Cofina

Correio da Manhã

Opinião
4
26 de Março de 2008 às 00:30
Depois, enveredou pelos caminhos da teologia. Acusou judeus e cristãos de terem falsificado a Bíblia e a Tora. Segundo Kadhafi as versões originais falavam abundantemente de Maomé mas uma sinistra conspiração terá feito desaparecer essas menções. Há um ligeiro problema nesta tese: Maomé nasceu 570 anos depois de Cristo e cerca de dois mil anos depois de Moisés.
Conclui-se que há uma religião que tudo se permite mas nada consente – imaginem que era um cristão ou um judeu a proferirem um disparate destes!
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)