Barra Cofina

Correio da Manhã

Opinião
3
26 de Abril de 2003 às 00:00
SIM
É o próprio seleccionador que o reconhece, quando justifica as opções com o facto de terem em conta os jogos que o Porto tem pela frente. O caso mais gritante é o de Paulo Ferreira: tem lugar indiscutível no onze das Quinas e ficou de fora. Scolari acabou de chegar, mas já percebeu que com o Porto a música é outra. Infelizmente, neste caso, cometeu um erro. A cedência à logica aceita-se, mas não quando se trata da Selecção. É que a equipa de todos nós fica sempre a perder.
Paulo João Santos-Editor de Sociedade
NÃO
Scolari provou na forma como conduziu o processo da convocação de Deco que não cede aos interesses de ninguém. O jogo com a Holanda é um particular onde Scolari vai aproveitar para fazer mais experiências. Paulo Ferreira, talvez a ausência mais notada da convocatória, é, por excelência, o lateral-direito da Selecção para os próximos anos, pelo que pode muito bem ser poupado, numa altura em que o FC Porto está envolvido em três frentes (campeonato, UEFA e Taça de Portugal).
Pedro Sequeira-Editor de Desporto
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)