Barra Cofina

Correio da Manhã

Opinião
2
13 de Maio de 2012 às 01:00

Contenção de custos que, por vezes, se confunde mesmo com uma política de programação muito próxima do velho conceito de "encher chouriços", à custa de repetições e mais repetições, bastante mais evidente no canal Mulher, tornando mesmo questionável se faz sentido, assim, mantê-lo no ar. A não ser numa pura lógica de ocupação do espaço, à espera de que as vacas voltem a poder engordar. Agora que se aproxima a época dos festivais de Verão, talvez a Radical possa disfarçar melhor aquilo que neste momento parece ser uma excessiva dependência de Gordon Ramsay, o irascível chef escocês, e do seu ‘Com F Grande’.

Neste momento, sintonizar o canal 9 é, com grande probabilidade, apanhar um programa de Ramsay ou um Gato Fedorento antigo. Sem ovos não se fazem omeletas. Há coisas piores. Lá isso há. Basta sintonizar a SIC Mulher para perceber.

Ver comentários