Barra Cofina

Correio da Manhã

Opinião
9
12 de Maio de 2010 às 00:30

Fala da pedofilia, "o maior pecado da Igreja", dos cem anos da República e da liberdade que a Igreja conquistou entre 1910 e 1926, dezasseis anos de ditadura jacobina,e da crise de valores e princípios agravada pela crise económica e financeira internacional. É evidente que muitos laicos não gostam de Bento XVI. É evidente que alguns sectores do catolicismo não gostam da sabedoria, da clareza e da firmeza de Bento XVI. Uns e outros rejubilam com a crise da Igreja na Europa. Mas esquecem-se de que a Europa laica e social está à beira do precipício.

Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)