Barra Cofina

Correio da Manhã

Opinião
7
28 de Dezembro de 2002 às 00:00
Por desconfiança em relação à capacidade operacional das Polícias ou por mero comodismo, muitas vítimas pouco mais fazem do que encolher os ombros, desvirtuando a realidade ao não apresentarem queixa. Tudo fica limitado a um palavrão proferido em surdina ou a um lamento repartido por familiares e vizinhos. Também os Tribunais não escapam a esta falta de confiança e muitos são os lisboetas que optam por resolver os problemas longe de advogados e juízes. No fundo, nada que nos surpreenda.
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)