Barra Cofina

Correio da Manhã

Opinião
2
12 de Maio de 2010 às 00:30

Desde logo, no duelo particular entre as equipas da Madeira, já que a ultrapassagem do Marítimo ao Nacional tem um importante peso orçamental, além de simbólico. Depois, pela situação embaraçosa criada no Marítimo ao sucessor do treinador holandês Van der Gaag – um inesperado vencedor, até para os próprios dirigentes. Finalmente, pelo esfumar da aura de Paulo Sérgio, que saiu de Guimarães por entre vaias e apupos. Um desaire que complica bastante a sua entrada em cena em Alvalade.

Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)