Barra Cofina

Correio da Manhã

Opinião
9
30 de Dezembro de 2008 às 02:30

SIM

Se o tabaco é um vício, tentar abandoná-lo deve ser encorajado. E se por vezes a vontade já não é muita, com tratamentos caros torna-se mais difícil. Se a desabituação de outras drogas é facilitada, por que é que os fumadores arrependidos não podem ter apoio?

Edgar Nascimento, Editor de Sociedade

NÃO

O Estado tem mais onde gastar o dinheiro do que em financiar quem não tem força de vontade para acabar com o vício. Deve, isso sim, aumentar a comparticipação dos medicamentos para as crianças, idosos e carenciados. Quem fuma tem bom remédio: deixe de fumar.

Paulo João Santos, Editor de Fecho

Ver comentários