Barra Cofina

Correio da Manhã

Opinião
1
17 de Novembro de 2008 às 00:30

Uma vereadora da Oposição, enfermeira hospitalar, terá emitido uma opinião diversa da do seu partido em diálogo privado com uma colega de trabalho. O executivo de Almeida obteve o teor da conversa (em papel timbrado do Hospital) e apresentou o documento em reunião de Câmara, sem consciência da ilicitude moral desse acto.

Quando li isto nos jornais, concluí que a limitação dos mandatos autárquicos já deveria estar em vigor há muito tempo.

 

 

Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)