Barra Cofina

Correio da Manhã

Opinião
2
17 de Janeiro de 2010 às 00:30

As fronteiras abertas de Schengen não trazem apenas as vantagens da circulação entre os dois países, favorecendo as suas relações económicas e políticas. A inexistência de controlos fronteiriços permite a circulação de ameaças, como a criminalidade transnacional organizada e do terrorismo da ETA, que, provavelmente, já dispõe de elementos de apoio em Portugal. O nosso sistema de segurança, embora em estreita coordenação com serviços homólogos espanhóis, deverá dar elevada prioridade a esta questão, sem abdicar do comando completo das operações no território nacional, que pode ser minado por equipas conjuntas inadequadamente constituídas.

Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)