Barra Cofina

Correio da Manhã

Opinião
2
8 de Agosto de 2006 às 00:00
SIM
O nosso país não prima pela produtividade, e os feriados são sempre pretexto para planear ‘pontes’. Ao contrário dos outros países, como a Espanha, por exemplo, que vêm diminuindo o número de feriados, Portugal permanece apegado a datas históricas, como o 1 de Dezembro (Restauração da Independência), que apenas servem como motivo para não trabalhar mais um dia.
Miguel Alexandre Ganhão, Editor de Economia
NÃO
Quem não gosta de um feriado, sobretudo quando ‘cola’ a um fim-de-semana ou ‘dá’ para uma ‘ponte’? Não sejamos hipócritas! A primeira coisa que fazemos quando olhamos o calendário é saber onde calham os feriados. E não há nenhum mal nisso. Uma pausa faz bem. Regenera o corpo, liberta a mente. Regressa-se ao trabalho com outra vontade, outro dinamismo, outra energia.
Paulo João Santos, Grande Repórter
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)