Barra Cofina

Correio da Manhã

Opinião
9
24 de Maio de 2005 às 00:00
O Benfca é campeão nacional. É evidente que o mérito tem de ser repartido por muitas pessoas, mas há uma personagem central em toda a história: Giovanni Trapattoni. Logo no início da época, o técnico italiano ofuscou todas as contratações do Benfica. Com um currículo notável, passagens por alguns dos melhores clubes do Mundo, não havia quem contestasse a escolha da direcção. Isto até o Benfica começar a jogar...
Nessa altura, mal foi aplicada a velha táctica defensiva, que tanto sucesso deu a ‘Trap’, numa equipa em que a defesa raramente acertava (os golos sofridos de bolas paradas foram uma constante no início da época), logo se iniciaram os focos de contestação ao treinador, que chegou a ser vaiado, mais de uma vez, na Luz, pelos mesmos adeptos que ontem o louvaram. Trapattoni não ligou, fez algumas correcções na equipa (a principal foi a troca de guarda--redes) e continuou a seguir a sua máxima. O resultado está à vista.
Agora, ao que tudo indica prepara-se para sair. O timoneiro vai embora e o Benfica tem de encontrar novo rumo. E ‘Trap’ sai como entrou. Em alta.
O resto são cantigas...
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)