Barra Cofina

Correio da Manhã

Opinião
21 de Abril de 2007 às 00:00
A mãe confessou--se “arrependida”. A professora disse esperar que “o processo sirva de exemplo para todos”, o que é muito duvidoso. O falhanço da educação – em casa e na escola – é, por muito que doa, a grande catástrofe social nascida do regime democrático.
Como se resolve este caos? Pelo princípio. Pelo princípio de quê? Da aula. Os alunos aguardam sentados a entrada do professor na sala e levantam-se quando o mestre chega. Convém que o professor não chegue atrasado. A democracia é o respeito pelas competências e pelos deveres de cada um. Siga a aula, que já começou bem.
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)