Barra Cofina

Correio da Manhã

Opinião
7
2 de Março de 2010 às 00:30

Moutinho, com menos responsabilidades de equilíbrio táctico, tornou-se mais disponível para ter a bola perto da área. A permanência de Izmailov e a motivação recuperada de Yannick ajudaram, com diagonais solidárias, a atenuar a solidão de Liedson. Tudo isto serviu para o Sporting se reinventar, pela segunda vez em quatro dias, e fintar problemas crónicos, como as limitações nas laterais e a ineficácia nas bolas paradas. Será tarde de mais para salvar a época. Nunca tarde de mais para se recuperar o orgulho.

Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)