Barra Cofina

Correio da Manhã

Opinião
9
19 de Novembro de 2005 às 00:00
O ataque à ‘base’ do terrorismo globalizado foi a razão invocada pelos EUA para derrubar o regime fundamentalista. Numa paz podre, os afegãos elegeram em 2004 um presidente, e em Setembro votaram em eleições legislativas.
Mas democracia não rima com guerra e o Afeganistão não conhece a paz. Talvez não haja alternativa à ocupação internacional, mas isso significa que não há alternativa ao fracasso.
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)