Barra Cofina

Correio da Manhã

Opinião
4
18 de Janeiro de 2011 às 00:30

O homem da propaganda, da sarrafada na oposição, andou a salivar umas barbaridades contra o actual Presidente da República. Habituado à linguagem militar, falou em torpedos contra instituições e lá desabafou que os socialistas no poder não querem ninguém que se meta onde não é chamado. Por uma vez sem exemplo, a boca fugiu--lhe para a verdade. Os apaniguados do licenciado ao domingo sabem que a vidinha vai ser muito dura depois de 23 de Janeiro. E desesperam por ter um pateta em Belém.

Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)