Barra Cofina

Correio da Manhã

Opinião
7
14 de Junho de 2007 às 00:00
Estas coisas acontecem. O facto de o único acidente com um avião na história da Portela ter vitimado o primeiro-ministro e o seu pequeno séquito e o seu pequeno avião, tombado numa pequena rua de Camarate, talvez faça prova do exotismo do País.
E hoje ouvimos dizer que as razões para a construção de um novo aeroporto são de índole exclusivamente economicista. Nunca ouvimos falar de segurança.
A Portela é um aeroporto dentro de uma cidade, ou seja, um risco absurdo, uma situação intolerável. Quanto ao resto, são pormenores.
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)