Barra Cofina

Correio da Manhã

Opinião
2
Piloto morre em corrida de motos no Estoril

F. Falcão-Machado

Uma visão da crise

Enquanto os comentadores e especialistas continuam empenhados na análise da recentíssima Cimeira do G20, em Londres, seria justo conceder um pouco de atenção ao trabalho de outros Fóruns que, não beneficiando de uma cobertura mediática tão ampla, têm sabido contribuir para clarificar o ambiente económico-financeiro.

F. Falcão-Machado 3 de Abril de 2009 às 00:30

Um desses Fóruns é a Comissão Económica para a América Latina – CEPAL. Criada em 1948 pelo Conselho Económico e Social da ONU, a CEPAL teve como objectivo fomentar a cooperação económica entre os seus membros, nomeadamente todos os países da América Latina e das Caraíbas e alguns outros que se lhe associaram, entre os quais Portugal. Começando por se empenhar nas questões da industrialização, a CEPAL transformou-se num centro de estudos de elevada qualidade, coordenado actualmente pela mexicana Alice Bárcena na sua qualidade de secretária executiva da organização.

Num estudo publicado há poucas semanas, intitulado ‘A reacção dos Governos da América Latina e das Caraíbas frente à crise internacional’, é feita uma análise global da situação económico-financeira da América Latina em que se comparam as propostas de políticas contracíclicas adoptadas por cada país da região. Vejamos como se adaptarão à Cimeira do G20.

Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)