Barra Cofina

Correio da Manhã

Opinião
8
8 de Maio de 2011 às 00:30

O reequilíbrio das contas impõe a alienação de património diverso (terrenos, edifícios).

Sabemos que a crise é grande e o mercado imobiliário não está com grande actividade, mas vamos tentando.

No próximo dia 10, pelas 17 horas, em acto público na Câmara Municipal será divulgada a lista do que nos propomos vender. Indicaremos preços de referência, aptidões, localizações e outros aspectos. As vendas serão depois em hastas públicas sucessivas.

Vender aquilo que não desempenha qualquer função é uma boa decisão por duas razões essenciais: quem vende recebe dinheiro para resolver problemas urgentes e dá oportunidade a quem compra para desenvolver uma nova actividade.

Toda e qualquer empresa ou cidadão que precisa saber mais e tenha interesse ou vai à Câmara no referido dia ou nos contacta para esclarecimentos.

Temos de pôr as contas em ordem.

Ver comentários