Barra Cofina

Correio da Manhã

Opinião
2
27 de Junho de 2010 às 00:30

Também a fibra de herói. Com 25 anos foi ‘promovido’ a veterano numa Alemanha renovada onde a média de idades é de 24,96 anos.

Ele e o capitão, Lahm (26 anos), marcam a personalidade da equipa na África do Sul: "Não há que temer a Inglaterra", eis como Podolski aborda a autêntica final europeia que constitui o Alemanha-Inglaterra desta tarde.

A frase gerou reacções nas redes. Surgiram as comparações com os papéis de Messi e Villa, bem como a lembrança do penálti que falhou contra a Sérvia num jogo que lhe correu mal. Mas a grande curiosidade, na web social como nos órgãos de informação, é assistir ao duelo Podolski-Rooney. Talvez este Mundial altere o facto de Podolski ser um jogador de baixo perfil mediático: tem apenas 8100 ‘followers’ no Twitter e53 000 no Facebook.

Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)