Barra Cofina

Correio da Manhã

Opinião
9
17 de Março de 2009 às 09:00

Este País, ordeiro e agradecido, seria uma espécie de PS, rendido às virtudes únicas do chefe, onde qualquer voz dissonante se caracterizaria apenas por uma surpreendente "falta de carácter".

Infelizmente, o País não parece estar à altura do primeiro-ministro que lhe caiu em sorte. Em vez disso, dá eco a campanhas, deixa-se levar pelo ‘bota-abaixismo’ da oposição, perde tempo e respeito com os ‘ziguezagues’ de Manuel Alegre e, como se tudo isto não bastasse, deixa-se arrastar para a rua, "instrumentalizado" por sindicatos que, por sua vez, são instrumentalizados por partidos "oportunistas", como o PCP ou o Bloco de Esquerda.

A manifestação organizada pela CGTP, na última sexta-feira, é um bom exemplo deste país acéfalo e instrumentalizado que não só não se reconhece na bondade das medidas do Governo como se dá ao luxo de entupir as ruas de Lisboa com protestos inconsequentes e insultos pessoais ao primeiro-ministro que revelam, antes de mais, uma aflitiva ausência de soluções e uma confrangedora pobreza de argumentos. Como explicou o eng. Sócrates, em Cabo Verde, onde distribuía generosamente os seus ‘Magalhães’, é de lamentar que os dirigentes sindicais se entretenham a organizar manifestações "deste tipo" que, entre outras coisas igualmente nefastas, não oferecem soluções para nenhum dos problemas que, apesar dos bons esforços do Governo, ainda subsistem no País.

Seria de esperar, pois, que os dirigentes sindicais, conscientes das suas responsabilidades, apoiassem activamente o esforço patriótico do primeiro-ministro, levando para a rua milhares de manifestantes eufóricos com o trabalho precário e o aumento do desemprego, unidos sob o lema ‘Sócrates 2009’.

Infelizmente o primeiro-ministro transformou-se na principal vítima de um povo mal-agradecido que se deixou instrumentalizar pelos sindicatos e pelos partidos da oposição. Sozinho contra a realidade, o engenheiro Sócrates vive, cada vez mais, num universo paralelo onde não cabe um país que obviamente não o merece.

Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)