Barra Cofina

Correio da Manhã

Opinião
8
31 de Dezembro de 2005 às 00:00
Mário Soares – Já todos votaram nele ou contra ele, diz. Que a derrota traumática sirva de lição para outros que também possam julgar-se sombras tutelares da democracia. Ansiamos pelo regresso daqueles sábios monólogos na SIC Notícias. Se bem me lembro, mensais.
Manuel Alegre – Como Neruda, tem mais jeito para o verso que para o verbo prosaico em debate ou comício. Pablo desistiu para Allende. Alegre já não tem a quem dar o seu peso em votos. Neste caminho sem regresso, que saiba fazer da percentagem eleitoral o que deve aos que se lhe juntaram na aventura. Ou acha que ainda cabe no PS?
José Sócrates – Quando Soares andava de braço dado com Cavaco, Guterres percebeu tudo e partiu para outra. De súbito Sócrates ficou com vários meninos nos braços: o PS, o País e um dilema na escolha do candidato presidencial. A derrota de Soares é um mal menor. Que saiba com Cavaco formar uma dupla que até pode ser para quase dez anos.
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)