Barra Cofina

Correio da Manhã

Opinião
7

14 514 edições sempre ao lado dos portugueses

O Correio da Manhã celebra hoje 40 anos.
19 de Março de 2019 às 12:42
O canal de TV do CM ganha público
O canal de TV do CM ganha público FOTO: DR
Cara Leitora, Caro Leitor, o Correio da Manhã celebra hoje quarenta anos de vida. Nas 14 514 edições que este Jornal já levou a todo o País, os valores fundacionais não se alteraram: proximidade com os cidadãos, defesa dos contribuintes perante os abusos do Estado, independência face aos vários poderes, simplicidade no tratamento dos temas mais complexos. Humildade!

A geração que hoje lidera o projeto procura sempre servir as aspirações e necessidades da nossa comunidade de consumidores de informação. Para cumprir este desígnio, juntámos na nossa matriz uma forte aposta no jornalismo de investigação, em especial na área do crime económico. Reforçámos também os espaços de opinião, com visões plurais, da direita à esquerda. A nossa plêiade de colunistas, em total liberdade, tem como única qualidade comum o ponto de vista singular suportado por inteligência distintiva. Na demografia, nas tragédias dos incêndios, nos atos de heroísmo, no combate à corrupção, o CM passou a erguer bandeiras em causas comuns.

Mas acima de tudo, a nossa grande missão será sempre dar notícias. Temos como missão levar até aos portugueses o pulsar do seu País. E do Mundo.

Se o facto é novo e relevante, o CM dá sempre a notícia. Sem paninhos quentes. Se descobrimos uma novidade importante para os cidadãos - para o seu necessário juízo sobre a realidade envolvente -, o CM noticia sem medos nem hesitações. Os cidadãos gozam do Direito à Informação. Desse direito constitucional resulta para os jornalistas um dever: O Dever de Informar. Com coragem, independência, responsabilidade, sempre na busca do rigor, todos os jornalistas do CM têm a obrigação de cumprir esse dever todos os dias. Sempre.

A Imprensa passa por uma enorme crise global.

Em Portugal, muitos dos títulos que compõem a diversidade necessária à existência de um regime democrático estão em agonia financeira. Dependentes da boa vontade de investidores opacos e de favores do poder político.
Essa aguda doença do regime é abordada nos textos de Marcelo Rebelo de Sousa e de Aníbal Cavaco Silva, constantes deste suplemento. A crise é grave, mas muitos dos portugueses só terão noção da real necessidade de uma informação livre e independente se alguma vez essa luz se apagar.

Graças à confiança dos seus leitores, o CM continua forte e fértil em notícias.

Como fórmula do seu sucesso, o CM bater-se-á sempre pelos seus valores. O cumprimento cabal do sagrado compromisso com os nossos consumidores de informação é nossa tarefa constante.

Desafiado a conceber o hino da CMTV, o genial Boss AC pôs como condição poder acompanhar a azáfama diária da nossa Redação. Nesse inspirado trabalho brotou uma síntese perfeita da nossa equipa: o Correio da Manhã é do Povo para o Povo, que o Povo somos nós’.

Cara Leitora, Caro Leitor, obrigado pela confiança, que nunca trairemos!
Correio da Manhã aniversário 40 anos
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)