Barra Cofina

Correio da Manhã

Opinião
4

Regresso às origens

Previsão de Rui Costa traz à ideia apostas bem-sucedidas do passado.
Paulo Oliveira Lima 14 de Janeiro de 2022 às 00:32
O tom firme e sereno com que Rui Costa admitiu a continuidade de Nélson Veríssimo, na próxima época, é uma interessante jogada de reencontro com os valores do clube, mesmo que à primeira vista não pareça.

A garantia de que os jovens jogadores voltarão ao epicentro do projeto traz à Luz parte do impulso que tanto necessita para o reencontro com a sua identidade. No meio do furacão, absorvido por casos judiciais e suspeitas que atingem a imagem do Benfica, a previsão de Rui Costa traz à ideia apostas bem-sucedidas do passado. Bruno Lage, numa ascensão semelhante, embalou o emblema para vitórias e valorização de jovens atletas que deram continuidade à fama de clube criador de talentos.

Na inversão de estratégia feita por Vieira, há dois anos, o Benfica perdeu mais do que milhões em jogadores com retorno incerto. Perdeu parte da identidade do projeto que havia criado com sucesso. Recuperar Veríssimo, resguardado na garantia do presidente do clube, é um sinal positivo de que Rui Costa, mais do que saber para onde vai, entende para onde precisa de ir. E essa clareza, no meio da crise, poderá trazer resultados. Agora, têm a palavra os ‘bebés’ da Luz.
Benfica Rui Costa Nélson Veríssimo desporto futebol
Ver comentários