Barra Cofina

Correio da Manhã

Opinião
3
Piloto morre em corrida de motos no Estoril

Octávio Ribeiro

Dogmas do Dragão

Por que razão colocou Pinto da Costa um dos seus mais ricos plantéis de sempre nas mãos de um basco dogmático e inexperiente?

Octávio Ribeiro(octavioribeiro@cmjornal.pt) 4 de Janeiro de 2016 às 00:30
Por que razão colocou Pinto da Costa um dos seus mais ricos plantéis de sempre nas mãos de um basco dogmático e inexperiente? Quis imitar o Barcelona.

O dogma de Lopetegui é construído sobre apenas uma ideia: não há futebol ganhador sem que a posse de bola seja um longo e entediante rendilhado a partir dos centrais.

O dogma nasceu em Barcelona, teve em Guardiola o seu profeta. Em Munique, Guardiola continua ganhador, mas reformou a doutrina num Bayern explosivo. Em Barcelona, a bola já corre muitas vezes vertical. Já se remata de longe.

No Porto, um basco teimoso continua a fustigar-se de chicote. A si, aos jogadores e aos adeptos.

Pinto da Costa assiste impávido, pois também ele tem um dogma: o presidente não falha. Como poderia agora reconhecer erros duas vezes seguidas?

Clique para aceder ao texto que deu origem a esta opinião:Equipa refém dos Super Dragões 

Olhar CM opinião Octávio Ribeiro
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)