Barra Cofina

Correio da Manhã

Opinião
Piloto morre em corrida de motos no Estoril

Octávio Ribeiro

O governo sabe que ainda há jornais?

Só a total incompetência do atual ministro da Cultura para gerir os assuntos da Comunicação Social pode explicar a total inação do Governo de António Costa neste setor nevrálgico.

Octávio Ribeiro(octavioribeiro@cmjornal.pt) 30 de Setembro de 2016 às 00:31
Só a total incompetência do atual ministro da Cultura para gerir os assuntos da Comunicação Social pode explicar a total inação do Governo de António Costa neste setor nevrálgico.

Os gigantes mundiais Google e Facebook levam a parte de leão do mercado português da publicidade digital e acham que nada têm a explicar, nem prestar contas. Que impostos pagam a Portugal estas duas entidades globais? Que emprego criam? O Governo sabe?
E entretanto enriquecem de forma injustificada com o trabalho de milhares de jornalistas nacionais, empregados nos grupos portugueses em profunda crise.

Por todo o lado ecoam as flébeis lamúrias sobre a falta de dimensão nacional para encarar este problema de frente. Que a solução tem de ser europeia, dizem os variados agentes do setor. Talvez.

Mas uma solução europeia, que já tarda, não impede nem conflitua com a busca do nosso especial caminho. O Governo tem aqui um dever especial de zelo. Que não tem cumprido, numa postura de omissão cúmplice.

Ficaria Portugal mais livre e democrático sem o escrutínio plural das grandes equipas de jornalismo?

Por vezes parece que as más companhias parlamentares levam António Costa a achar que uma dose diária de RTP, entrecortada por profundas leituras do Portugal Socialista e do Combate bastam ao Povo para estar bem informado.

Sem boas Redações movidas à força de jornalistas livres, responsáveis e profissionais, a Google não valerá à Democracia.
Octávio Ribeiro Olhar CM opinião
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)