Barra Cofina

Correio da Manhã

Papa em Fátima

120 mil hóstias na missa do Papa

Santuário não encomendou peças novas para eucaristia.
Isabel Jordão e Secundino Cunha 28 de Abril de 2017 às 01:30
Novo altar tem a sacristia no piso inferior. Obra só agora está concluída
Papa Francisco
Santuário de Fátima
Novo altar tem a sacristia no piso inferior. Obra só agora está concluída
Papa Francisco
Santuário de Fátima
Novo altar tem a sacristia no piso inferior. Obra só agora está concluída
Papa Francisco
Santuário de Fátima
Na missa que o Papa Francisco vai celebrar em Fátima, no próximo dia 13, vão ser distribuídas 120 mil hóstias aos peregrinos. A comunhão estará a cargo de 400 sacerdotes, espalhados pelo recinto de oração e nas traseiras da Basílica da Santíssima Trindade, levando 300 hóstias em cada píxide.

Na missa do dia 12, que será presidida pelo cardeal Pietro Parolin, secretário de Estado do Vaticano, deverão ser distribuídas 80 mil hóstias. Segundo apurou o CM junto do Santuário, nas peregrinação são consumidas entre 70 a 100 mil hóstias, mas a vinda do Papa levou a um reforço da quantidade de hóstias encomendadas às Irmãs Clarissas.

Francisco vai ser o primeiro Papa a celebrar missa no novo altar do recinto, que está a ser usado há um ano, mas cuja totalidade dos trabalhos só agora ficaram concluídos. Vai usar os próprios paramentos, que virão do Vaticano, e estará acompanhado de 1100 padres, 73 bispos e oito cardeais.

A cruz que estará no centro do altar, bem como o cálice e a píxide, serão os mesmos que Bento XVI usou em 2010, também em Fátima, uma vez que o Santuário "não encomendou" qualquer peça de ourivesaria litúrgica.

"Vamos usar aquilo que o Santuário usa desde há algum tempo", revelou ontem o padre Joaquim Ganhão, coordenador da comissão litúrgica.
hóstias Papa missa peregrinação fátima Francisco eucaristia Santuário
Ver comentários