CDS quer explicações do ministro sobre problemas com vouchers de livros escolares

Cerca de 150 mil os alunos em Lisboa do 7.º ano ao 12.º ano podem requisitar manuais gratuitos através da plataforma MEGA.
15.09.18
  • partilhe
  • 0
  • +
O CDS vai chamar "com caráter de urgência" o ministro da Educação ao parlamento por considerar que o sistema de ´vouchers´ para a entrega de manuais escolares gratuitos está a gerar um bloqueio e a prejudicar alunos e famílias.

"Vamos chamar o ministro da Educação com caráter de urgência à comissão de Educação porque há um atraso significativo na entrega dos livros escolares ao abrigo do programa de ´vouchers´ e temos nota que há muitas famílias que ainda não receberam os manuais", disse à Lusa a deputada centrista Ana Rita Bessa.

Segundo a deputada, o sistema montado este ano pelo Governo está "a gerar um bloqueio que vai criar grandes entraves no início tranquilo e sereno, com o ministro costuma dizer, do ano letivo".

pub

pub

Ver todos os comentários
Para comentar tem de ser utilizador registado, se já é faça
Caso ainda não o seja, clique no link e registe-se em 30 segundos. Participe, a sua opinião é importante!