Barra Cofina

Correio da Manhã

Política
5

Morreu ex-embaixador de Portugal em Pequim Octávio Neto Valério

Português participou nas negociações do acordo com a China para a transição de Macau.
Lusa 14 de Setembro de 2019 às 20:13
Bandeira da China
Bandeira chinesa
Bandeira da China
Bandeira da China
Bandeira chinesa
Bandeira da China
Bandeira da China
Bandeira chinesa
Bandeira da China
O diplomata Octávio Neto Valério, que participou nas negociações do acordo com a China para a transição de Macau, morreu na quinta-feira, aos 89 anos, disse hoje à agência Lusa fonte próxima da família.

O velório do diplomata decorre este sábado, no Centro Funerário de Cascais, em Alcabideche, e no domingo realizar-se-á às 15h30 uma cerimónia religiosa seguida de cremação.

Octávio Neto Valério esteve na delegação do Governo português que negociou a declaração conjunta luso-chinesa sobre Macau, assinada em Pequim, onde era embaixador, em 13 de abril de 1987, pelos então chefes de Governo de Portugal, Aníbal Cavaco Silva, e da República Popular da China, Zhao Ziyang.

Depois de Pequim, Octávio Neto Valério esteve colocado em Berna, Suíça, entre 1989 e 1992.

Em 20 de dezembro de 1999, Macau deixou de estar sob administração portuguesa e passou a ser uma de duas regiões administrativas especiais chinesas, a par de Hong Kong.
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)