Barra Cofina

Correio da Manhã

Política
9

Acordo volta a falhar

O PS e o PCP ainda não chegaram a acordo sobre uma eventual coligação para a Câmara de Lisboa nas eleições autárquicas de Outubro, apesar de se terem reunido pela segunda vez.
21 de Abril de 2005 às 00:00
No final de um encontro entre o candidato socialista, Manuel Maria Carrilho, os dirigentes do PS, Marcos Perestrello, Vasco Franco e Miguel Coelho, e o membro da Comissão Política do PCP, Jorge Cordeiro e os dirigentes Rosa Rabiais e Carlos Chaparro, apenas ficou decidido que as delegações vão voltar a reunir-se “em breve”.
Manuel Maria Carrilho não quis revelar os conteúdos discutidos no encontro, preferindo referir apenas que “as conversações prosseguem no seu ritmo”. E acrescentou: “Quando se trabalha é porque há esperança e estamos empenhados em resolver a situação no mais curto prazo possível”.
Já do lado do PCP existe alguma inquietação: “O tempo corre e corre em desfavor de quem quer uma mudança na política de esquerda em Lisboa”, afirmou Jorge Cordeiro.
Segundo avançou o jornal digital ‘Portugaldiário’, Manuel Maria Carrilho perderá as eleições se não houver coligação com o PCP. Este terá sido o resultado de uma sondagem realizada pelo PS há cerca de três semanas, embora o partido desminta, alegando que esta sondagem foi feita há seis meses e que, segundo os últimos estudos da Eurosondagem, a vitória será do candidato socialista.
Na sondagem referida pelo jornal, Manuel Maria Carrilho perde com Santana Lopes e Carmona Rodrigues.
O PCP terá tido acesso a esta informação pelo deputado socialista Jorge Coelho, que segundo uma fonte comunista citada pelo jornal, “descaiu-se”.
Ver comentários