Barra Cofina

Correio da Manhã

Política
3

Acusação não sai antes de eleições

A acusação do caso Freeport não estará pronta antes das eleições legislativas de 27 de Setembro. A demora na investigação é considerada normal para a PJ que diz estar a proceder a análise de documentos e a avaliar os fluxos financeiros. O timing pedido pela procuradora Cândida Almeida – para que a investigação estivesse concluída até às eleições – não deverá ser cumprido. "Essa nunca foi a nossa prioridade", diz fonte da investigação.
27 de Agosto de 2009 às 00:30
O ministro Pedro Silva Pereira pode ser ouvido como testemunha
O ministro Pedro Silva Pereira pode ser ouvido como testemunha FOTO: Jorge Godinho

O CM sabe que as declarações de Cândida Almeida não foram na altura bem recebidas pela PJ. Que sempre entendeu inoportuno tentar acelerar o processo, apenas devido à proximidade de eleições. Ainda mais num momento em que as autoridades continuam sem conseguir encontrar o rasto de qualquer quantia nas contas de José Sócrates, ou de alguém que lhe é próximo. "Até para o próprio, o arquivamento em período eleitoral era a pior coisa que lhe podia acontecer. Era inevitável ficar a dúvida sobre eventuais pressões", acrescentou a mesma fonte. O processo já tem sete arguidos, tendo nos últimos meses sido apreendidos diversos documentos. São eles Charles Smith e Manuel Pedro, sócios da empresa que serviu de intermediária no licenciamento; José Inocêncio, ex-presidente da Câmara de Alcochete; Carlos Guerra, ex-presidente do Instituto de Conservação da Natureza; José Manuel Marques, Capinha Lopes, arquitecto; e João Cabral. Segundo publica hoje a revista ‘Sábado’, o Ministério Público quer ouvir o ministro da Presidência, Pedro Silva Pereira, como testemunha na sequência do depoimento de Carlos Guerra. Até à hora de fecho desta edição, a informação não foi confirmada pelo CM e fonte oficial do Governo disse apenas que o ministro não recebeu qualquer notificação.

Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)