Barra Cofina

Correio da Manhã

Política
4

ADIADA LEITURA DA SENTENÇA

O colectivo de juízes do 'caso Moderna' adiou ontem a leitura da sentença para data ainda não determinada, aproveitando a audiência para fazer uma série de "alterações não substanciais dos factos" da acusação. A decisão provocou críticas da defesa, que pondera invocar a irregularidade do acto.
9 de Outubro de 2003 às 00:00
Julgamento da Moderna demorou mais de um ano e meio
Julgamento da Moderna demorou mais de um ano e meio
Na sessão de ontem, para a qual estava marcada a leitura do acórdão deste julgamento que durou mais de um ano e meio, a juíza presidente, Manuela Barracosa, surpreendeu os advogados de defesa dos 13 arguidos ao introduzir "precisões na matéria de facto". "Ao longo do trabalho (de elaboração do acórdão) verificámos que havia algumas precisões que era necessário introduzir na matéria de facto", afirmou a juíza Manuela Barracosa.
Ver comentários