Barra Cofina

Correio da Manhã

Política
1

Ambiente: PCP reclama fim do capitalismo nas políticas

O PCP reclamou este domingo o fim do domínio do capitalismo nas políticas de defesa do Ambiente, num comentário à cimeira Rio+20.

24 de Junho de 2012 às 14:34
A conferência das Nações Unidas sobre o desenvolvimento sustentável terminou na sexta-feira, na cidade brasileira do Rio de Janeiro
A conferência das Nações Unidas sobre o desenvolvimento sustentável terminou na sexta-feira, na cidade brasileira do Rio de Janeiro FOTO: D.R.

Em comunicado divulgado este domingo, o partido comunista refere a "urgente necessidade de ruptura com o desenvolvimento capitalista, que sacrifica os recursos naturais e a força de trabalho humano à crescente acumulação do lucro e da riqueza produzida".

Como solução, os comunistas indicam a urgência de uma "real política de limitação de emissões com efeito estufa e outros poluentes" e sem, nomeadamente, licenças transaccionáveis, assim como defender a produção local e proteger os ecossistemas naturais.

O partido comunista acusou aqueles que quiseram transformar a Cimeira Rio+20 "num palco para publicitar os benefícios da aplicação dos mecanismos de mercado ao Ambiente, e convencer o mundo de que esta é a única solução".

Citando o documento da Comissão Europeia sobre a cimeira, o comunicado indica que os instrumentos defendidos incluem-se na lógica de mercado, como licenças de emissão negociáveis e as eco-taxas.

"A Comissão Europeia chega a escrever que o investimento público deve ser mobilizado de maneira a "criar condições com vista a reduzir os riscos para o investimento privado". Ou seja, nesta como em outras áreas, o capital quer que os lucros sejam privados e que os prejuízos sejam públicos", lê-se.

Os comunistas reafirmaram que os mecanismos decorrentes do protocolo de Quioto "mercantilizam o Ambiente, colocando a capacidade da Terra de reciclar carbono nas mãos das mesmas corporações que estão a delapidar recursos e a degradar o Ambiente".

A conferência das Nações Unidas sobre o desenvolvimento sustentável terminou na sexta-feira, na cidade brasileira do Rio de Janeiro.

ambiente pcp nações unidas comissão europeia capitalismo
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)