Barra Cofina

Correio da Manhã

Política

"André Ventura, el ultraderechista portugués": deputado do Chega em destaque na imprensa internacional

Conotado com a extrema-direita, Ventura entrou no Parlamento em outubro e tem vindo a aumentar largamente a sua intenção de voto.
Correio da Manhã 16 de Dezembro de 2019 às 08:39
André Ventura lidera o Chega
André Ventura
André Ventura
André Ventura, do Chega
André Ventura lidera o Chega
André Ventura
André Ventura
André Ventura, do Chega
André Ventura lidera o Chega
André Ventura
André Ventura
André Ventura, do Chega

"Fundou um partido há seis meses, entrou no Parlamento há dois [meses] e o presidente [Ferro Rodrigues] já o repreendeu por usar a palavra vergonha 'com muita frequência'. André Ventura lidera o partido Chega! e com a sua ascensão, abre caminho para a extrema-direita no Parlamento de Portugal", é desta forma que o jornal espanhol El País começa por descrever André Ventura, o deputado único do Chega! que muita tinta tem feito correr. 

Com uma referência clara à polémica que se instalou a semana passada após ser repreendido pelo presidente da Assembleia da República, Ferro Rodrigues, André Ventura ganha destaque lá fora. O deputado, conotado como o deputado de extrema-direita português, entrou no Parlamento em outubro e tem vindo a aumentar largamente a sua intenção de voto

O jornal faz ainda uma biografia do também comentador da CMTV e diz ainda: "A sua política anti-sistema chega a tentar acabar com a Constituição de 25 de Abril de 1976". 

De recordar que este domingo, o partido de André Ventura colocou um cartaz em frente à Assembleia da República com a palavra 'vergonha'. O objetivo, segundo o deputado ao Correio da Manhã, era mostrar que "com as atitudes como as que teve Ferro Rodrigues, os portugueses sentem cada vez mais que o que se passa na Assembleia da República e no sistema político português é uma vergonha". 
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)