Barra Cofina

Correio da Manhã

Política

António Costa defende reforço do "diálogo"

Candidato do PS a primeiro-ministro foi questionado sobre necessidade de convergência entre forças políticas.
10 de Outubro de 2014 às 12:58
António costa defende urgência de país "retomar confiança"
António costa defende urgência de país 'retomar confiança' FOTO: Pedro Nunes/Lus

O candidato do PS a primeiro-ministro, António Costa, defendeu esta sexta-feira a necessidade de um reforço do "diálogo" entre os agentes políticos nacionais e a urgência de o país "retomar a confiança".


No final de uma audiência de mais de uma hora e meia com o Presidente da República, questionado pelos jornalistas sobre a necessidade de convergência entre as forças políticas defendida por Cavaco Silva, António Costa afirmou: "os consensos não são em abstrato. É como eu perguntar: 'quer fazer uma viagem comigo?'. A sua resposta normal é: 'mas viagem para onde ?'".


"É importante que os diversos agentes políticos possam falar e que falem, falta muito diálogo em Portugal e o diálogo é um fator importante para dar confiança para reforçar a tranquilidade e a certeza nas expetativas do futuro. É importante que isso aconteça e quero agradecer ao senhor Presidente da República a disponibilidade que teve para esta conversa", afirmou.

antónio costa reforço diálogo
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)