Barra Cofina

Correio da Manhã

Política
1

Autarca emprega a filha para salvar netos

Sandra Carneiro recebia menos do que o ex-companheiro e isso podia comprometer a custódia dos filhos. O pai, autarca, nomeou-a para adjunta.
16 de Janeiro de 2014 às 13:43
castro, daire, autarca, nomeia, filhos
castro, daire, autarca, nomeia, filhos FOTO: Nuno André Ferreira

O PSD fala num "caso de favorecimento" em que a família e a política se misturam de "forma escandalosa". Fernando Carneiro (PS), presidente da Câmara de Castro Daire, nomeou, no dia 3 de janeiro, a filha, de 28 anos, como adjunta do gabinete de apoio à presidência. Sandra Carneiro substitui o ex-marido, Marcos Morgado. Os dois estão em processo de divórcio litigioso, e, ao que o CM apurou, os rendimentos da filha do autarca são inferiores aos do ex-marido, que é professor e, entretanto, regressou ao ensino. Como havia o risco de a mulher perder a custódia dos dois filhos menores, o seu pai tê-la-á contratado para solucionar o problema.

Para Sandra Carneiro entrar na autarquia, foi feita uma "restruturação". No executivo anterior, havia uma chefe de gabinete, um secretário e um adjunto. Agora, a chefe de gabinete baixou para adjunta, o mesmo cargo da filha do presidente, que vai receber um salário bruto mensal de 2197,53 euros. O sobrinho do presidente mantém-se como secretário. Fernando Carneiro desvaloriza o caso. "Perdi a confiança pessoal e política no anterior adjunto e nomeei a minha filha. Não há qualquer ilegalidade, todos o fazem", refere.

Luís Pinto, vereador do PSD, apelida a ação do autarca de reprovável e eticamente incorreta. "É a prova de que age em função de interesses pessoais e familiares", acusa.

castro daire autarca nomeia filhos
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)