Barra Cofina

Correio da Manhã

Política
9

Bancos apoiam cooperação

O Governo anunciou ontem a criação de uma nova instituição financeira que terá por missão promover a dinamização das economias beneficiárias da Ajuda Pública ao Desenvolvimento (APD), em particular através do envolvimento de empresas portuguesas.
17 de Fevereiro de 2006 às 00:00
Freitas do amaral (à dir.) e João Gomes Cravinho
Freitas do amaral (à dir.) e João Gomes Cravinho FOTO: Tiago Petinga/Lusa
Esta é uma das medidas mais relevantes do primeiro documento orientador da cooperação portuguesa, designado ‘Uma visão estratégica para a cooperação Portuguesa’, da responsabilidade do secretário de Estado dos Negócios Estrangeiros e da Cooperação João Gomes Cravinho. Ontem, na apresentação do documento, o ministro dos Negócios Estrangeiros, Freitas do Amaral, considerou-o como o ‘road map’ da cooperação’.
A nova instituição financeira foi baptizada de Sociedade Financeira para o Desenvolvimento (SOFID), integrada pelo BES, CGD, Millennium BCP e BPI, e terá um capital social de 1O milhões de euros. Segundo João Cravinho, a SOFID, com uma participação maioritária do Estado, será importante para potenciar a“internacionalização das nossas empresas”. Terá, necessariamente, uma boa articulação com o ICEP. Este ano, o orçamento para a cooperação é de 300 milhões de euros.
Ver comentários