Barra Cofina

Correio da Manhã

Política
8

Baratas no Parlamento suspendem audição da inspetora para as condições de trabalho

Deputados ainda tentaram prosseguir trabalhos mas não estavam reunidas as condições.
17 de Maio de 2018 às 18:56
Parlamento
Parlamento
Assembleia da República
Parlamento
Parlamento
Assembleia da República
Parlamento
Parlamento
Assembleia da República
A presença de baratas na sala onde estava reunida a comissão parlamentar de trabalho e segurança social, que se preparava para ouvir a inspetora-geral do Trabalho, levou à suspensão dos trabalhos.

Os deputados estavam a discutir o primeiro ponto da ordem de trabalhos, que antecedia a audição da inspetora-geral da Autoridade para as Condições do Trabalho (ACT), Luísa Guimarães, quando surgiu a primeira barata que fez com que alguns deputados se levantassem, interrompendo a discussão.

Os deputados ainda tentaram prosseguir os trabalhos, mas minutos depois começaram a surgir mais baratas, considerando os deputados não haver então condições para continuarem os trabalhos naquela sala do piso 0 da Assembleia da República.

Entretanto, a comissão mudou-se para outra sala para que os deputados possam, então, ouvir a inspetora-geral do trabalho sobre a situação dos trabalhadores da Somincor - Sociedade Mineira de Neves Corvo, uma audição pedida pelo PCP.

Fontes parlamentares disseram à Lusa que a situação deverá estar relacionada com uma desinfestação de baratas feita no último fim de semana na Assembleia da República.
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)