Barra Cofina

Correio da Manhã

Política
5

Barreto não se sente ultrapassado

Álvaro Barreto, ministro de Estado e das Actividades Económicas, admitiu, esta quinta-feira, em Pequim, não ter sido previamente informado das diligências da Galp em São Tomé e Príncipe durante a visita do ministro da Presidência, Morais Sarmento, embora tenha referido igualmente não se sentir “ultrapassado”.
13 de Janeiro de 2005 às 08:18
“Já confirmei que o meu secretário de Estado a quem está delegada a tutela da Galp, José Manuel Lencastre, foi avisado da visita do administrador da Galp com o ministro Morais Sarmento”, reconheceu, em declarações à rádio TSF, Álvaro Barreto, actualmente de visita a Pequim, integrado na comitiva do Presidente da República, Jorge Sampaio.
“Directamente, eu não fui informado, mas o Ministério foi”, esclareceu ainda o ministro, explicando que, na altura, “já estava a tratar das papeladas” relacionadas com a sua visita à China, pelo que “não me sinto de maneira nenhuma ultrapassado”.
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)