Barra Cofina

Correio da Manhã

Política
7

BARROSO REPETE GARANTIA DE NÃO SER CANDIDATO

O primeiro-ministro Durão Barroso reafirmou ontem, em Lisboa, a sua indisponibilidade para assumir a presidência da Comissão Europeia, à semelhança do que já tinha feito na passada sexta-feira, em Bruxelas, quando o seu nome surgiu foi sugerido para suceder a Romano Prodi.
24 de Junho de 2004 às 00:00
“Não sou candidato à presidência da Comissão Europeia”, frisou Durão Barroso, sem explicar porque razão o seu nome não foi retirado da lista de possíveis nomeados para o cargo. Favorito para ocupar a liderança da Comissão, o primeiro-ministro luxemburguês, Jean-Claude Juncker, mostrou-se indisponível e o seu nome deixou de ser considerado, mas o mesmo não sucedeu com o chefe do Executivo português. Durão Barroso escusou-se, porém, a fazer mais comentários, alegando que a Irlanda, país que até ao fim do mês preside à União Europeia, tinha pedido discrição na matéria.
Por outro lado, Ferro Rodrigues afirmou ontem continuar a depositar esperanças na nomeação de António Vitorino, considerando que o comissário europeu para a Justiça e Assuntos Internos “é um candidato possível desde que haja vontade global”.
Desde há vários meses que Vitorino vinha a ser apontado como possível sucessor de Romano Prodi, mas no Conselho Europeu só Barroso manifestou apoio a esta nomeação.
A perda de peso da candidatura de Vitorino ficou a dever-se essencialmente a dois factores. Primeiro, a derrota, a nível comunitário, da esquerda nas eleições do passado dia 13 para o Parlamento Europeu e em segundo lugar, por o Partido Socialista Europeu (PSE) ter falhado um acordo para apoiar o comissário português na reunião que antecedeu o Conselho Europeu, na qual Ferro Rodrigues teve oportunidade de angariar apoios.
Desde o início da semana que a Irlanda está em contactos com os restantes Estados-membros para alcançar um consenso em torno de um nome, prevendo-se a marcação de um Conselho Europeu Extraordinário uma vez alcançado esse objectivo.
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)