Barra Cofina

Correio da Manhã

Política
1

BE "não vê razões" para levar Programa de Estabilidade a votos

Partido aponta Orçamento do Estado como prioridade.
17 de Abril de 2017 às 17:54
A coordenadora do Bloco de Esquerda, Catarina Martins
Catarina Martins, líder do Bloco de Esquerda
Catarina Martins
A coordenadora do Bloco de Esquerda, Catarina Martins
Catarina Martins, líder do Bloco de Esquerda
Catarina Martins
A coordenadora do Bloco de Esquerda, Catarina Martins
Catarina Martins, líder do Bloco de Esquerda
Catarina Martins
A coordenadora do BE afirmou hoje "não ver razões" para alterar a posição de 2016 do partido de não levar a votos o Programa de Estabilidade, reiterando o seu compromisso com a atual solução governativa.

"O BE não vê razões para alterar a sua posição do ano passado, o Programa de Estabilidade é um documento da exclusiva responsabilidade do Governo, nós focamo-nos na negociação do Orçamento do Estado, esse sim um documento votado na Assembleia da República", afirmou Catarina Martins, em declarações aos jornalistas no final de uma audiência com o Presidente da República.

A coordenadora do BE disse ter transmitido a Marcelo Rebelo de Sousa o compromisso do partido com a posição conjunta assinada com o PS.

"Estamos comprometidos com uma solução de Governo que permita continuar uma maioria parlamentar que suporte Orçamentos do Estado que permitam a recuperação de rendimentos do trabalho em Portugal", afirmou Catarina Martins.
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)