Barra Cofina

Correio da Manhã

Política
6

Bloco de Esquerda dá apoio ao Governo mesmo com fim da geringonça

Catarina Martins diz que PS foi “transparente” quando anunciou não querer acordo escrito.
Wilson Ledo 20 de Outubro de 2019 às 10:34
Catarina Martins
Catarina Martins
Catarina Martins
Catarina Martins
Catarina Martins
Catarina Martins
O Bloco de Esquerda mostrou-se este sábado disponível para apoiar o Governo, apesar de o PS ter recusado um acordo escrito e posto fim à geringonça. "O Bloco cá estará para negociar orçamento a orçamento, lei a lei, o que melhor puder puxar pelas condições concretas de vida neste país", afirmou Catarina Martins, após uma reunião da Mesa Nacional do partido, em Lisboa.

A coordenadora definiu que há três matérias prioritárias para o arranque desta legislatura: as leis de base da Saúde e da Habitação, bem como o estatuto do cuidador informal. O partido quer ver medidas concretas para que estas leis possam ter impacto na vida dos cidadãos.

Questionada sobre a forma como António Costa tratou o Bloco nas semanas após as eleições, começando por anunciar que queria uma nova geringonça e reunindo com os diferentes partidos, Catarina Martins recusa que tenha havido falta de transparência. "O PS anunciou que não queria um acordo. Desse ponto de vista, foi bastante transparente", afirmou.

Apesar de lembrar que o acordo escrito da geringonça contribuiu para "ultrapassar turbulências políticas", a líder bloquista reconheceu que a relação com os socialistas sempre foi conturbada. E que, por isso, os próximos quatro anos não serão muito diferentes dos anteriores. "Nunca foi fácil essa relação. E nunca deixámos de assumir a necessidade de convergência para responder ao que é importante na vida deste país", admitiu.
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)