Barra Cofina

Correio da Manhã

Política
9

Câmara de Loures contrata genro de Jerónimo

Bernardino Soares garante que autarquia cumpriu todas as regras.
19 de Janeiro de 2019 às 10:29
Bernardino Soares, candidato a Loures, com o líder do PCP, Jerónimo de Sousa
Jerónimo de Sousa
Jerónimo de Sousa
Bernardino Soares, candidato a Loures, com o líder do PCP, Jerónimo de Sousa
Jerónimo de Sousa
Jerónimo de Sousa
Bernardino Soares, candidato a Loures, com o líder do PCP, Jerónimo de Sousa
Jerónimo de Sousa
Jerónimo de Sousa
A Câmara de Loures rejeitou esta sexta-feira qualquer tipo de "promiscuidade" nos contratos assinados entre a autarquia comunista liderada por Bernardino Soares e o genro do líder do PCP, Jerónimo de Sousa.

Segundo a TVI, o valor dos seis contratos assinados com a empresa de Jorge Bernardino, genro do secretário-geral do PCP, foi superior a 150 mil euros nos últimos três anos. Cinco desses contratos foram por ajuste direto, para serviços de limpezas de vidros, trocas de cartazes ou substituição de lâmpadas.

A autarquia assegura ter cumprido "escrupulosamente" as regras previstas para a contratação pública. Também o PCP rejeitou qualquer tipo de irregularidade ou ilegalidade.

Por sua vez, o PS de Loures já informou que vai pedir, com "urgência", cópias dos documentos e esclarecimentos sobre estes contratos. Os partidos da oposição na autarquia lembram ainda que, no mandato passado, já tinham questionado Bernardino Soares, "sobre estas adjudicações em concreto". 
Ver comentários