Barra Cofina

Correio da Manhã

Política
3

Candidato na caça ao voto “olhos nos olhos”

Apelos ao voto pela indignação e ataque cerrado ao actual inquilino de Belém e recandidato, Cavaco Silva, marcaram ontem o dia de campanha do candidato presidencial Francisco Lopes, apoiado pelo PCP e pelo PEV.
13 de Janeiro de 2011 às 00:30
Francisco Lopes em Olhão
Francisco Lopes em Olhão FOTO: Luís Forra/Lusa

Num périplo pelo Algarve, Francisco Lopes começou o dia a tentar convencer os eleitores de Olhão, "olhos nos olhos", de que é um político diferente, e que não são todos iguais. Horas depois, ripostava contra Cavaco Silva: "A poucos dias das eleições, Cavaco Silva quer desresponsabilizar-se de uma política económica e social em que está profundamente envolvido e que colocou o País no atoleiro económico e com injustiças sociais brutais."

O candidato aludia à possibilidade de uma crise política, associada à económica e social, admitida por Cavaco Silva.

Numa campanha marcada pela dúvida de um pedido de ajuda ao FMI, Lopes sustentou ainda que "a soberania alimentar é um elemento basilar", pedindo uma "mudança" face à submissão dos governantes "a esse novo deus" que são os mercados. Por fim, ainda contestou as portagens na Via do Infante.

FRANCISCO LOPES ELEIÇÕES CAMPANHA
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)