Barra Cofina

Correio da Manhã

Política
6

Candidato a Cascais quer dar salário extra de 557 euros para todos

Francisco Guerreiro, do PAN, inspirou-se no Alasca, onde os habitantes recebem mil dólares por mês, e na Finlândia.
Débora Carvalho 27 de Setembro de 2017 às 01:30
Francisco Guerreiro é o candidato do PAN (partido Pessoas-Animais-Natureza) na corrida à Câmara Municipal de Cascias nas autárquicas de 1 de outubro
Francisco Guerreiro é o candidato do PAN (partido Pessoas-Animais-Natureza) na corrida à Câmara Municipal de Cascias nas autárquicas de 1 de outubro
Francisco Guerreiro é o candidato do PAN (partido Pessoas-Animais-Natureza) na corrida à Câmara Municipal de Cascias nas autárquicas de 1 de outubro
Francisco Guerreiro é o candidato do PAN (partido Pessoas-Animais-Natureza) na corrida à Câmara Municipal de Cascias nas autárquicas de 1 de outubro
Francisco Guerreiro é o candidato do PAN (partido Pessoas-Animais-Natureza) na corrida à Câmara Municipal de Cascias nas autárquicas de 1 de outubro
Francisco Guerreiro é o candidato do PAN (partido Pessoas-Animais-Natureza) na corrida à Câmara Municipal de Cascias nas autárquicas de 1 de outubro
Francisco Guerreiro é o candidato do PAN (partido Pessoas-Animais-Natureza) na corrida à Câmara Municipal de Cascias nas autárquicas de 1 de outubro
Francisco Guerreiro é o candidato do PAN (partido Pessoas-Animais-Natureza) na corrida à Câmara Municipal de Cascias nas autárquicas de 1 de outubro
Francisco Guerreiro é o candidato do PAN (partido Pessoas-Animais-Natureza) na corrida à Câmara Municipal de Cascias nas autárquicas de 1 de outubro
Francisco Guerreiro é o candidato do PAN (partido Pessoas-Animais-Natureza) na corrida à Câmara Municipal de Cascias nas autárquicas de 1 de outubro
Francisco Guerreiro é o candidato do PAN (partido Pessoas-Animais-Natureza) na corrida à Câmara Municipal de Cascias nas autárquicas de 1 de outubro
Francisco Guerreiro é o candidato do PAN (partido Pessoas-Animais-Natureza) na corrida à Câmara Municipal de Cascias nas autárquicas de 1 de outubro
Imagine receber um rendimento mensal de 557 euros - o valor do salário mínimo nacional - apenas por existir. É isto que o PAN (Pessoas, Animais e Natureza) promete para todos os cidadãos. O projeto-piloto arranca em Cascais caso Francisco Guerreiro seja eleito. 

"Trata-se de um rendimento que é dado a todos os cidadãos consoante a sua existência. É para todos e não há nenhuma condicionante: desempregados, empregados, independentemente do género ou faixa etária", revela ao CM o candidato do PAN à Câmara de Cascais.

Aos 33 anos, Francisco Guerreiro ambiciona implementar um projeto-piloto que envolva uma amostra de 500 cascalenses. O teste abrange, assim, ricos, pobres, pessoas com rendimentos ou dificuldades financeiras. O objetivo é analisar o impacto da medida na vida das pessoas e na economia. "A medida custará 3,5 milhões de euros por ano", frisa.

O PAN inspirou-se em casos de sucesso: no Alasca, nos EUA, o rendimento é de mil dólares por mês. Já Finlândia, a medida aplica-se apenas à população desempregada. 

Programa do PAN em turco, árabe, hindi e japonês
O programa do PAN para o concelho de Cascais tem 40 páginas e está traduzido na íntegra em inglês. Mas o partido não quer deixar ninguém de fora e por isso as cinco medidas prioritárias estão traduzidas em 14 línguas.

Hindi, japonês, turco, hebraico, árabe, romeno ou russo são algumas delas. "Há uma grande multiciplicidade de pessoas no nosso concelho", justifica Francisco. 

PORMENORES 
Combater a pobreza
O PAN pretende "combater a pobreza, a segregação social e o desemprego" com este rendimento. Combater o isolamento de idosos através de ações de proximidade é outra prioridade.

Grupo de trabalho
A ideia do PAN é criar um grupo de trabalho composto por académicos e responsáveis políticos, de forma a estabelecer uma amostra o mais diversificada possível.

Mais tempo para os filhos
O candidato do PAN à Câmara de Cascais considera que a atribuição deste rendimento permitiria que os pais pudessem optar por um emprego em part-time para assim terem mais tempo para os filhos.

Equipa reduzida
São cerca de 30 as pessoas que estão envolvidas na campanha do PAN à autarquia de Cascais. O grupo divide-se em ações de rua e comunicação nas redes sociais. O PAN apenas distribui panfletos, sendo averso às canetas, camisolas o u outros objetos do género.
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)