Barra Cofina

Correio da Manhã

Política
6

Capoulas acusa Cristas da "manipulação grosseira" e garante que decisão do PDR está nos 82%

Ministério da Agricultura garante que a taxa de decisão das candidaturas é de 81,7% e que Portugal está no pódio da execução.
Lusa 9 de Setembro de 2019 às 19:06
Capoulas Santos, ministro da Agricultura
O ministro da Agricultura, Luís Capoulas Santos
Assunção Cristas
Assunção Cristas
Capoulas Santos, ministro da Agricultura
O ministro da Agricultura, Luís Capoulas Santos
Assunção Cristas
Assunção Cristas
Capoulas Santos, ministro da Agricultura
O ministro da Agricultura, Luís Capoulas Santos
Assunção Cristas
Assunção Cristas

O Ministério da Agricultura acusou esta segunda-feira Assunção Cristas de "manipulação grosseira" dos números do Programa de Desenvolvimento Rural (PDR), garantindo que a taxa de decisão das candidaturas é de 81,7% e que Portugal está no pódio da execução.

"O PDR entrou em vigor em 01.01.2014. Dois anos depois, em final de 2015, quando o atual Governo entrou em funções, estavam por decidir 90,9% das candidaturas entradas durante o mandato de Assunção Cristas como ministra da Agricultura", apontou, em comunicado, o Governo.

O ministério tutelado por Capoulas Santos acusou assim a líder do CDS-PP de "manipulação grosseira", lembrando que a taxa de decisão de candidaturas deste programa é de 81,7%, acima dos 9,1% alcançados por Cristas enquanto ministra, deixando por aprovar 12.614 projetos.

Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)