Barra Cofina

Correio da Manhã

Política
8

CARLOS CÉSAR CONTESTA APOIO AO EURO

O Governo Regional dos Açores considerou ontem inaceitável que Durão Barroso aumente a comparticipação a fundo perdido para a construção dos estádios de futebol para o Euro' 2004 sem antes ter resolvido a reconstrução das habitações danificadas pelo sismo de 1998 nos Açores.
20 de Agosto de 2002 às 22:38
“Não vejo as finanças dos clubes desportivos como um desígnio nacional. Pelo contrário, vejo a solidariedade do Governo da República na reconstrução de 75% do parque habitacional da ilha do Faial e de 30% do Pico afectados pelo terramoto, como uma obrigação moral“, adiantou um porta-voz do Executivo socialista.

Além disso, o Governo de Carlos César sustenta que “é difícil aceitar que, além da manutenção da bonificação do crédito concedido aos clubes de futebol para a construção de estádios”, Durão Barroso também decida “avalizar empréstimos”.
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)