Barra Cofina

Correio da Manhã

Política
3

Castro responsabiliza PSD pela crise na Madeira

O líder do CDS-PP, Ribeiro e Castro, responsabilizou esta segunda-feira o PSD Nacional pela crise política na Região Autónoma da Madeira, desencadeada pela demissão do presidente Alberto João Jardim, na sequência da aprovação da nova Lei da Finanças Regionais.
9 de Abril de 2007 às 17:54
“Nós criticamos de uma forma muito clara a atitude do PSD Nacional, que desvalorizou a importância da Lei das Finanças Regionais”, afirmou o líder do CDS-PP, à chegada ao Aeroporto Internacional da Madeira.
Para Ribeiro e Castro, na altura em que a referida lei estava em discussão, “o PSD celebrou o célebre pacto de Justiça com o PS e deveria ter condicionado a assinatura à defesa dos interesses que eram tão relevantes que justificaram a crise política na Madeira”.
Recorde-se que os madeirenses vão às urnas dia 6 de Maio, para escolher o próximo presidente da Região.
O presidente do CDS-PP encontra-se na Madeira para apresentar a sua candidatura à liderança do partido, esta noite, numa unidade hoteleira da região.
Ver comentários