Barra Cofina

Correio da Manhã

Política
2

Cavaco admite cenário de "crise grave" em Portugal

O candidato presidencial admitiu esta quarta-feira que não se pode excluir a possibilidade de ocorrer uma "crise grave" em Portugal, nomeadamente no plano económico, social e político, prometendo ser "exigente" com o Governo.
12 de Janeiro de 2011 às 16:07
Para Cavaco Silva, Presidente da República deve conhecer bem o funcionamento do sistema político
Para Cavaco Silva, Presidente da República deve conhecer bem o funcionamento do sistema político FOTO: Lusa

"Nós não podemos de facto excluir a possibilidade de ocorrer uma crise  grave em Portugal, não apenas no plano económico e no plano social, mas  também no plano político", afirmou Cavaco Silva, numa intervenção durante um almoço na Guarda.  

O actual chefe de estado defendeu ser necessário ter na Presidência da República, alguém  com experiência para lidar com "situações complexas, muito difíceis e situações que neste momento ninguém consegue prever"

Cavaco Silva voltou a insistir na necessidade de um Presidente da República ter de conhecer bem o funcionamento do sistema político, e dos assuntos Estado, pois é "o garante do regular funcionamento das instituições". 

Sublinhando ainda que o chefe de Estado é "a reserva de último recurso em caso de crise grave", o candidato deixou também o 'aviso' de que será "exigente em relação ao executivo". 

"Prestarei uma atenção muito cuidada a todas as leis que receba do Governo ou da Assembleia da República, mas sempre disposto a cooperar quer com a  Assembleia, quer com o Governo para a resolução dos grandes problemas de  Portugal", sublinhou.  

Cavaco Silva Crise Presidenciais
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)