Barra Cofina

Correio da Manhã

Política
1

Cavaco apela à ousadia

O presidente da República defendeu ontem a necessidade de "estimular a ousadia e a ambição, desenvolvendo, ao mesmo tempo, as capacidades de avaliação e controlo dos riscos". Cavaco Silva defendia assim o empreendedorismo, numa mensagem enviada à cerimónia de abertura da semana dedicada a esta temática.
17 de Novembro de 2009 às 00:30
Presidente diz que País ainda está longe de ter cultura empreendedora
Presidente diz que País ainda está longe de ter cultura empreendedora FOTO: Miguel A. Lopes/Lusa

"Vivemos num tempo em que o conceito de emprego para a vida se torna cada vez mais obsoleto", sublinhou o presidente, considerando que o empreendedorismo ganha assim "novas razões para ser assumido como peça-chave do progresso económico e social dos países".

Para o Presidente da República, assiste-se "a uma vontade crescente de assumir riscos e encetar projectos empresariais próprios", mas a verdade é que o País ainda está "longe de ter uma cultura empreendedora plenamente enraizada".

Belmiro de Azevedo, embaixador desta semana global do empreendedorismo, considerou uma "bênção" os momentos de crise, pois são eles que proporcionam "oportunidades". Mas há que "ganhar confiança" e não temer o falhanço, defendeu Belmiro de Azevedo, considerando que "um erro bem estudado é um processo de aprendizagem". Quanto às características necessárias para ser empreendedor, o empresário destacou duas: "estar atento" e "deixarmo-nos surpreender".

Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)